Colômbia faz buscas por mineiros presos em jazida

Trabalhadores estão presos há 4 dias; expectativa do governo de achá-los com vida é mínima

AFP |

Organizações de resgate reiniciaram, este sábado, a apressada busca por dois trabalhadores presos há quatro dias em uma mina de carvão na região central da Colômbia, embora não tenham esperanças de encontrá-los com vida. O governo informou a morte de outros dois mineiros em deslizamentos.

"Acabamos de reiniciar os trabalhos de resgate porque pudemos, finalmente, controlar a presença de gases tóxicos que nos obrigaram a parar (as operações) por seis horas este sábado. Avançamos em nossa apressada busca", disse à AFP Hugo Bohórquez, diretor local da Defesa Civil.

Segundo o socorrista, as equipes de resgate, apoiadas por uma centena de operários da mina, trabalham em jornadas de 24h por dia na construção de um terceiro túnel para chegar até as vítimas, depois das infrutíferas tentativas prévias.

"O resgate se realiza com todos os recursos disponíveis, mas a verdade é que as possibilidades de encontrar com vida os dois mineiros são mínimas", disse à AFP José Rozo, governador de Boyacá. O ministro colombiano encarregado da mineração, Carlos Rodado, manifestou-se no mesmo sentido.

Carlos Márquez, diretor do Socorro Nacional, descartou a oferta de ajuda feita na véspera por André Sougarret, chefe da equipe de salvamento que conseguiu resgatar, esta semana, 33 mineiros no norte do Chile.

Alfonso Barrera, de 36 anos, e Jhon Ordóñez, de 30, desapareceram na tarde de terça-feira a 60 metros de profundidade na mina 'La Esperanza', situada no município de Tasco, no departamento (estado) central de Boyacá, 200 km a noroeste da capital colombiana.

Segundo o ministério do Interior e Justiça, dois mineiros morreram nos últimos dias e um terceiro ficou ferido em outros acidentes registrados no noroeste e no centro do país andino.

O primeiro aconteceu na mina de carvão 'El Socavón', situada no departamento de Caldas (noroeste), quando uma explosão provocada por acúmulo de gases causou, na quinta-feira passada, a morte de um mineiro. Outro ficou gravemente ferido.

O segundo incidente aconteceu na sexta-feira na mina de ouro 'Eustaquio Dos', situada no município de Tópaga, no departamento central de Boyacá, "quando o desmoronamento de uma rocha provocou a morte de um mineiro enquanto ele trabalhava", destacou a fonte.

    Leia tudo sobre: mineirosjazidacarvãocolômbiabuscas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG