Tamanho do texto

A Colômbia entregou às autoridades americanas nesta quarta-feira o chefe paramilitar Carlos Mario Jiménez, conhecido como Macaco, solicitado para ser julgado por narcotráfico por um tribunal dos Estados Unidos.

Um recurso que pedia a permanência de Jiménez na Colômbia, com base na garantia dos direitos das vítimas dos esquadrões de extrema-direita, não teve sucesso.

hov/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.