Colômbia e Equador não retomarão relações em reunião da CAN em Lima

Lima, 16 jun (EFE) - O ministro das Relações Exteriores da Colômbia, Fernando Araújo, confirmou que seu país não restabelecerá as relações diplomáticas com o Equador, rompidas em março, durante a reunião de chanceleres e secretários de Comércio Exterior da Comunidade Andina (CAN), que começou hoje em Lima. Não vai ser possível nesta ocasião, porque há algumas questões de tipo operacional que ainda estão se ajustando. Espero que seja muito em breve, mas não vai ser nesta ocasião, nem hoje nem amanhã, disse Araújo a jornalistas, ao chegar à sede da CAN.

EFE |

O chefe da diplomacia colombiana insistiu em que seu país não tem "nenhum inconveniente" em restabelecer os laços diplomáticos na medida em que o Equador "tome a decisão" de fazê-lo, e assegurou que Bogotá espera "que isto possa ser feito o mais rápido possível".

Esperava-se que os dois países retomassem suas relações diplomáticas nesta reunião de Lima, como deixou entrever recentemente o chanceler colombiano.

Com suas declarações, Araújo descartou hoje esta possibilidade, assim como uma eventual reunião entre os presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, e do Equador, Rafael Correa.

Por enquanto, "não está na agenda", disse o chanceler colombiano sobre o hipotético encontro entre os líderes.

O Governo de Quito rompeu relações com Bogotá em 3 de março, dois dias depois que tropas colombianas atacaram um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território equatoriano. EFE wat/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG