eventualidade - Mundo - iG" /

Colômbia diz que crédito obtido com FMI é para eventualidade

Bogotá, 20 abr (EFE).- O Governo da Colômbia, que solicitou hoje uma linha de crédito de US$ 10,4 bilhões ao Fundo Monetário Internacional (FMI), afirmou que esse pedido é para qualquer eventualidade de um cenário externo mais adverso na atual crise financeira.

EFE |

Segundo o Ministério da Fazenda colombiano, o crédito não será desembolsado ainda, mas o Governo pode recorrer a ele "quando considerar conveniente e de forma total ou parcial".

O Ministério da Fazenda e o Banco da República (emissor) pediram ao FMI a chamada "Linha de Crédito Flexível" com prazo de um ano, acrescentou o Ministério.

Esse acesso ao crédito, segundo as duas entidades, "constitui um sinal de confiança na economia do país e no manejo de sua política econômica".

Por isso, "as autoridades consideram da maior importância garantir um financiamento externo adequado da economia. O acesso à nova linha de crédito do FMI garantirá um montante significativo de recursos".

Ao contrário dos empréstimos tradicionais do FMI, essa linha de crédito é destinada a países considerados com boas políticas econômicas, sem exigência de reformas nem de metas específicas. EFE rrm/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG