Colômbia detém sucessor de paramilitar extraditado aos EUA

Bogotá, 8 nov (EFE) - As autoridades colombianas detiveram em Medellín, noroeste do país, Jerónimo, um suposto paramilitar sucessor do traficante de drogas Diego Fernando Murillo ou Don Berna, extraditado aos Estados Unidos, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

"Jerónimo", apelido de Carlos Arturo Hernández, é considerado um dos comandantes principais do chamado "escritório de Envigado", uma quadrilha que atua em boa parte do oeste colombiano.

Na mesma operação na qual foi detido "Jerónimo" na sexta-feira, as autoridades detiveram um suboficial do Exército que o acompanhava e cuja identidade não foi informada.

Segundo autoridades, "Jerónimo" induziu "vários assassinatos de desmobilizados" paramilitares em Antioquia e era o responsável pelos negócios de narcotráfico do "escritório de Envigado".

Ele terá que responder por acusações de fuga de presos, homicídio, terrorismo, narcotráfico e associação para cometer crimes. EFE rrm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG