Colômbia detém irmão de membro das Farc extraditada aos EUA

Bogotá, 22 ago (EFE).- As autoridades colombianas detiveram o irmão da guerrilheira das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) Anayibe Rojas Valderrama, extraditada para os Estados Unidos e conhecida como Sonia, informaram porta-vozes policiais.

EFE |

Segundo as fontes, Leonel Rojas Valderrama, conhecido como "Rojistas", é considerado o sucessor da guerrilheira à frente das operações de narcotráfico das Farc.

"Rojitas" foi capturado na quinta-feira na cidade de Pitalito, no sudoeste do país, disse o diretor da Polícia Nacional, general Óscar Naranjo, em reunião com a imprensa.

O oficial explicou que a detenção de "Rojitas" aconteceu a partir de uma ordem emitida por promotores de Bogotá, que o processaram por ligações com o narcotráfico.

"Após muitos meses destas investigações, se estabeleceu que 'Rojitas' (...) tinha substituído sua irmã, conhecida como 'Sonia', hoje presa em uma penitenciária americana", acrescentou o chefe policial.

"Sonia" foi detida em fevereiro de 2004 para ser extraditada aos Estados Unidos, onde enfrentava um processo por narcotráfico. EFE jgh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG