Colômbia detém chefe e outros 3 rebeldes das Farc

Bogotá, 11 abr (EFE).- Um comandante regional das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e outros três rebeldes da guerrilha foram detidos pelo Exército colombiano em uma parte da fronteira com a Venezuela, disseram hoje porta-vozes militares locais.

EFE |

O comandante da brigada do Exército no departamento (estado) de Arauca, o general Rafael Alberto Neira, assegurou que a detenção do líder insurgente, a quem identificou com como "Camilo Tuerto", representa um duro revés para as Farc.

O detido fazia parte do Estado-Maior da 10ª frente das Farc e também atuava como segundo no comando de uma companhia da mesma facção, como explicou Neira.

"Este sujeito era o responsável direto da organização de massas e milícias da décima quadrilha das Farc", disse Neira, que assinalou que o rebelde enfrentava sete ordens de detenção.

Segundo Neira, de forma simultânea unidades sob seu comando detiveram na zona rural de Puerto Rondón, localidade da mesma região, outros três rebeldes da mesma frente que "pretendiam instalar um campo minado para atentar contra as tropas e a população civil do setor". EFE jgh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG