Colômbia desautoriza contatos do Equador com as Farc para liberação de reféns

Bogotá, 14 mai (EFE).- O Governo da Colômbia qualificou hoje como inaceitáveis os supostos contatos das autoridades do Equador com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para conseguir a libertação da ex-candidata colombiana Ingrid Betancourt, seqüestrada por essa guerrilha desde 2002.

EFE |

O Executivo colombiano, em comunicado lido pelo ministro das Relações Exteriores, Fernando Araújo, exigiu "as explicações pertinentes" ao Governo do presidente equatoriano, Rafael Correa, que disse, na Europa, que a libertação de Ingrid Betancourt "foi frustrada" por culpa das autoridades colombianas.

Araújo destacou que declarações feitas em Paris por Astrid Betancourt, irmã da ex-candidata presidencial seqüestrada pelas Farc, indicam possíveis contatos de emissários do Equador com esse grupo insurgente. EFE gta/fb POL:POLÍTICA,CONFLITO ++TRI++:JUSTIÇA-INTERIOR-FATOS,FATOS DCG:é:16010000:Distúrbios e conflitos:Conflito (geral) ++JEI++:é:02001007:Justiça e interior:Criminalidade/fatos:Seqüestro

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG