BOGOTÁ (Reuters) - A Colômbia registrou nesta terça-feira a primeira morte por gripe H1N1 no país, um mês depois de ter confirmado a presença do vírus em seu território, informaram as autoridades sanitárias. A Colômbia foi o primeiro país da América do Sul a detectar a presença do vírus, no dia 3 de maio.

O Ministério de Proteção Social confirmou até o momento 34 casos de pacientes infectados pelo vírus H1N1, a maioria relacionados a pessoas que viajaram ao México e aos Estados Unidos, dois dos países mais afetados pela doença.

A gripe H1N1 foi detectada em mais de 26.500 pessoas em 73 países e causou a morte de pelo menos outras 140.

A Organização Mundial da Saúde anunciou que está perto de declarar uma pandemia pela nova gripe, mas advertiu que busca evitar uma pânico excessivo caso decida elevar o nível de alerta para a nova doença.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.