Colômbia apreende submarino das Farc

Veículo de 16 metros estava prestes a ser usado pela primeira vez e transportaria drogas, segundo a polícia

BBC Brasil |

selo

Reuters
Policiais guardam submarino no porto de Buenaventura, na Colômbia

A polícia colombiana anunciou a captura de um submarino de guerrilheiros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), com capacidade para transportar ao menos sete toneladas de drogas.

O veículo de 16 metros, equipado com um sofisticado sistema de navegação, foi apreendido nas proximidades do porto de Buenaventura. A polícia disse que o veículo estava prestes a ser usado pela primeira vez para entregar cargas e teria capacidade de viajar até a América Central.

"Ele seria usado pela 29ª frente narco-terrorista das Farc em conjunto com organizações de traficantes de drogas que operam nesta área sul do país", disse o chefe de polícia Luiz Alberto Perez.

Perez disse que este seria "provavelmente um dos maiores" veículos para o transporte de drogas apreendidos na Colômbia nos últimos anos. O submarino foi avaliado em US$ 2 milhões e tinha capacidade para transportar uma tripulação de cinco pessoas.

Muitos traficantes de cocaína têm sua base em Buenaventura, região pobre e com altas taxas de desemprego. A Colômbia é o centro do tráfico internacional de cocaína e os traficantes buscam frequentemente novas formas de evitar a detecção de seus movimentos.

A maioria da droga é levada para o México ou a América Central por ar e chegam aos EUA e Canadá por terra. A Colômbia fornece também a maioria da cocaína consumida na Europa.

    Leia tudo sobre: colômbiafarcdrogastráfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG