Colômbia apreende fuzis com escudo do Exército venezuelano na fronteira

As autoridades colombianas anunciaram, neste sábado, a apreensão de um lote de fuzis e metralhadoras, entre os quais vários apresentavam o emblema das Forças Armadas da Venezuela, em uma cidade na fronteira, de acordo com informações divulgadas pela polícia.

AFP |

Segundo o diretor de Operações da corporação, general Orlando Páez, foram apreendidos 293 fuzis de assalto AK 47, duas metralhadoras e mais de 64.000 projéteis, no município de Puerto Santander, na fronteira com o departamento de Santander.

"Trata-se da maior apreensão de armas, munições e explosivos já feita dos grupos à margem da lei, dedicados ao tráfico de drogas, à extorsão, ao seqüestro, ao deslocamento forçado, que não tem precedentes na história recente do país", garantiu o general Páez.

Segundo ele, as armas pertenciam ao traficante de drogas Daniel Rendón Herrera, conhecido como "Don Mario", que se encontra foragido. Vários fuzis tinham a insígnia das Forças Armadas da Venezuela.

As armas estavam camufladas em dois esconderijos subterrâneos perto de uma praia do mar caribenho, completou o oficial.

sab/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG