Colômbia acusa de traição militares que divulgaram vídeo de resgate de reféns

San José do Guaviare (Colômbia), 5 ago (EFE) - O Governo da Colômbia acusou hoje de traição à pátria os militares que divulgaram um vídeo da operação na qual foram resgatados, em 2 de julho, 15 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

EFE |

O ministro de Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, disse aos jornalistas nesta cidade do sul do país que os responsáveis por vazar o material, divulgado na segunda-feira por um canal privado de televisão, já foram identificados e serão punidos. EFE gta/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG