Guatemala, 8 set (EFE).- O presidente da Guatemala, Álvaro Colom, declarou hoje estado de calamidade pública no país para enfrentar a severa crise alimentícia que afeta a mais de 54 mil famílias pobres deste país e já matou mais de 25 crianças.

"Isso nos permitirá ter acesso a recursos de cooperação internacional que se oferecem generosamente para este tipo de situações, assim como a mobilizar recursos do orçamento nacional com maior agilidade", disse Colom em mensagem à Nação transmitida em cadeia de rádio e televisão. EFE qual/fk

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.