Pelo menos 66 pessoas morreram e 27 ficaram feridas no choque de dois trens nesta segunda-feira na província de Shandong (leste da China), em um dos mais graves acidentes ferroviários no gigante asiático em uma década.

Pouco depois das 4H40 locais (17H40 de Brasília, domingo), um trem expresso que seguia de Pequim para o porto de Qingdao colidiu com um trem de passageiros perto da cidade de Zibo, en Shandong, segundo a agência oficial Xinhua (Nova China).

O primeiro trem tinha como destino Qingdao, que receberá em agosto as competições olímpicas de iatismo. O segundo viajava de Yantai, outro porto de Shandong, a Suzhou, na província de Jiangsu (leste).

A causa da catástrofe foi erro humano, informaram as autoridades, que descartaram a hipótese terrorista.

Cinqüenta e sete pessoas morreram na hora, de acordo com a Xinhua.

Entre os feridos estão quatro franceses, que foram internados por fraturas, informou uma fonte do gabinete das Relações Exteriores da província de Shandong.

frb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.