Colisão de navio italiano em porto egípcio mata 1 brasileiro

Cairo, 26 fev (EFE).- Pelo menos um brasileiro e dois indianos morreram e quatro teriam ficado feridos com o choque de um cruzeiro italiano contra o píer do porto egípcio de Sharm el-Sheikh, devido ao mau tempo, confirmaram à Agência Efe fontes oficiais egípcias e da proprietária do navio.

EFE |

Fontes do Ministério de Informação egípcia explicaram que a embarcação, que havia feito escala no porto egípcio de Safaga bateu contra o píer devido à força do vento.

Segundo confirmou à Efe a Companhia Costa Cruzeiros, proprietária do cruzeiro, o acidente ocorreu às 04h45 no horário local (23h45 em Brasília), quando o "Costa Europa" estava com 1.437 passageiros.

A embarcação teve uma perfuração no casco e três marinheiros morreram, enquanto quatro viajantes - três britânicos e um italiano - sofreram ferimentos leves e foram transferidos a um hospital da cidade portuária por precaução.

Conforme a versão oficial egípcia, no entanto, os mortos são três turistas - entre estes um hondurenho -, e não três tripulantes, como afirma a empresa.

A informação não foi confirmada pela embaixada de Honduras no Cairo.

O cruzeiro partiu de Gênova (noroeste italiano) com destino a Dubai.

Os viajantes do navio italiano foram transferidos ao complexo turístico "Domina Coral Bay". A promotoria egípcia abriu uma investigação sobre o fato. EFE jfu/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG