Washington, 9 jan (EFE).- O ex-secretário de Estado Colin Powell aderiu hoje ao apelo do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, para que os americanos desenvolvam tarefas de voluntariado.

Obama e sua família apresentarão em 19 de janeiro, um dia antes da posse do democrata e quando o país lembra a figura de Martin Luther King, a iniciativa "Renovar os EUA Juntos", para fomentar o serviço comunitário.

Os Obama, junto ao vice-presidente eleito, Joe Biden, e sua família, devem desenvolver nesse dia tarefas de voluntariado em Washington.

Em entrevista coletiva hoje junto com o Comitê de Posse Presidencial (PIC), Powell afirmou que "o voluntariado é algo que uma pessoa dá à comunidade" e à sociedade.

"Ocorre sob a forma de satisfação pessoal, de se sentir bem consigo mesmo", destacou.

O ex-secretário de Estado, que deu seu apoio a Obama nas últimas semanas da campanha eleitoral, afirmou que não pedem só um dia de serviço.

"Pedimos que se comprometam a oferecer seu tempo para o futuro, uma hora, um fim de semana, o que puderem", assegurou.

"Desta maneira é como vamos reconstruir este país e enfrentar nossos grandes desafios: unidos", acrescentou.

A equipe de transição de Obama lançou uma página de internet na qual os cidadãos podem oferecer seus serviços como voluntários ou apresentar atividades nas quais outros possam ajudar a comunidade.

Segundo a porta-voz do PIC, Linda Douglass, a página, usaservice.org, já conta com cerca de 5 mil ofertas. EFE mv/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.