Cólera mata ao menos 3.838 pessoas no Haiti desde outubro

De acordo com Ministério de Saúde Pública e População haitiano, 188.967 foram contaminadas pela doença

iG São Paulo |

A epidemia de cólera no Haiti deixou ao menos 3.838 mortos desde meados de outubro. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde Pública e População (MSPP) do país caribenho.

O relatório, datado de 11 de janeiro, precisou também que a doença afetou 188.967 pessoas, das quais 105.827 precisaram ser hospitalizadas, mas 103.273 já receberam alta.

O departamento de Artibonite, onde surgiu a epidemia, continua sendo o mais afetado, com 851 mortes. Em seguida vem o departamento Norte, com 597 mortos; Oeste, onde fica a capital Porto Príncipe, com 593; Grand'Anse, com 592, e Centro, com 306 mortes. O departamento Noroeste registra 229 vítimas; Nordeste 230; Sudeste 167; Sul 161 e Nippes 112.

A doença, que estava erradicada no Haiti até sua aparição em outubro, se estendeu à República Dominicana, onde 169 pessoas foram afetadas pelo surto, mas ninguém morreu.

Além da epidemia, o país caribenho tenta se reerguer dos destroços do terremoto de 12 de janeiro de 2010 e vive uma crise pós-eleitoral, cuja resolução depende da ajuda de órgãos internacionais, como a Organização dos Estados Americanos (OEA).

*Com AFP

    Leia tudo sobre: haititerremotoreconstruçãocólera

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG