HARARE - O número de mortes da epidemia de cólera no Zimbábue cresceu para 1.123 e 20.896 pessoas foram infectadas por essa doença de fácil prevenção, informou a Organização das Nações Unidas na sexta-feira.


Pessoas esperam por água potável no Zimbábue / AP

O Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários (Ocha, na sigla em inglês) disse em comunicado que os novos dados referiam-se até o dia 18 de dezembro.

Na véspera, o órgão havia informado 1.111 mortes e 20.581 casos da doença. 

Leia mais sobre: cólera

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.