A epidemia de cólera que atinge o Zimbábue desde agosto de 2008 causou até agora 3.688 mortes e deixou 77.650 doentes, segundo um balanço revisado e divulgado pela Agência de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU (OCHA).

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a metade dos 12 milhões de habitantes do Zimbábue pode estar contaminado pelo bacilo do cólera, cuja propagação através da água se vê favorecida pela estação das chuvas.

sga/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.