Colégios eleitorais são reabertos em Luanda

Luanda, 6 set (EFE).- Os colégios eleitorais em Luanda foram reabertos hoje depois de vários partidos da oposição denunciarem como caótica a votação de sexta-feira para as primeiras eleições legislativas realizadas em Angola em 16 anos.

EFE |

O presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), Caetano de Sousa, anunciou ontem à noite em entrevista coletiva que as eleições continuarão hoje na capital para dar a oportunidade de voto aos que não conseguiram na sexta-feira.

Caetano de Sousa reconheceu que houve "erros e transtornos" na organização do pleito e que a maioria dos colégios eleitorais do país, sobretudo em Luanda, começou a funcionar com mais de uma hora e meia de atraso, e que muitos não chegaram a trabalhar em sua capacidade máxima.

Quatro partidos da oposição solicitaram ontem mesmo a anulação da votação em Luanda e exigiram que o pleito fosse repetido dentro de oito dias.

Os diretores dos partidos reuniram até quase a meia-noite (local) com Caetano de Sousa, e reclamaram da desorganização que imperou durante a jornada eleitoral em Luanda e em outras localidades da província de mesmo nome. EFE ms/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG