Colégios eleitorais nas Filipinas abrem suas portas

Manila, 10 mai (EFE).- Os colégios eleitorais das Filipinas abriram hoje suas portas aos mais de 50 milhões de eleitores que escolherão o presidente para os próximos seis anos e outros 18 mil cargos nacionais, provinciais e locais.

EFE |

Manila, 10 mai (EFE).- Os colégios eleitorais das Filipinas abriram hoje suas portas aos mais de 50 milhões de eleitores que escolherão o presidente para os próximos seis anos e outros 18 mil cargos nacionais, provinciais e locais. Às 07h locais (21h, no horário de Brasília), os colégios eleitorais darão início às votações, em meio a incertezas sobre o funcionamento das urnas eletrônicas, que serão utilizadas pela primeira vez apesar dos problemas técnicos detectados durante os testes realizados na semana passada. O senador Benigno Aquino, líder da oposição contra a ditadura de Ferdinand Marcos, é o favorito à Presidência, segundo as enquetes, com 42% das intenções de voto. Atrás dele está o ex-presidente, deposto em 2001, Joseph Estrada, com 20% das intenções de votos, e o senador Manny Villar, com 19%, de acordo com as pesquisas. Os colégios eleitorais ficarão abertos até as 18h locais (8h, no horário de Brasília). A Comissão Eleitoral espera divulgar os resultados das eleições no meio da semana. EFE esj/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG