Colégio eleitoral se reúne para oficializar eleição de Obama

WASHINGTON - O colégio eleitoral dos Estados Unidos se reúnem para eleger oficialmente Barack Obama como próximo presidente do país. Em reuniões nas capitais estaduais de todo o país, os membros do colégio eleitoral devem dar 365 votos eleitorais a Obama e 173 para John McCain.

Reuters |

Nas eleições norte-americanas o vencedor na eleição popular - nesse caso Obama com quase 67 milhões de votos - não necessariamente vence a eleição.

Essa decisão cabe aos 538 membros do colégio eleitoral, distribuídos entre os 50 Estados e o Distrito de Columbia baseado em sua representação no Congresso e na sua população.

Na maioria dos casos, o vencedor da votação popular em um Estado leva todos os votos que esse Estado tem no colégio eleitoral. Esse número de votos pode variar de três até 55, no caso da Califórnia, Estado mais populoso. Somente Nebraska e Maine dividem os votos de forma proporcional.

Os votos no colégio eleitoral serão certificados pelo Congresso dos EUA no dia 8 de janeiro. Obama toma posse como presidente em 20 de janeiro.

Leia mais sobre Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG