Colecionador paga US$ 1,5 mi por quadro de Picasso

PARIS - Um quadro de Picasso, que retrata sua musa Françoise Gilot, foi vendido nesta quarta-feira por quase 1,14 milhão de euros (US$ 1,52 milhões), em um lote que incluía outras obras do pintor espanhol, propriedade até agora do casal de colecionadores Loewy.

EFE |

A venda foi confirmada pela casa de leilões Sotheby's. A "Natureza morta diante de uma janela aberta" e a "Carta de amor a Irène Lagut", também do artista espanhol, foram vendidas por 480,7 mil euros (US$ 641,4 mil) e 384,7 mil euros (US$ 513,3 mil), respectivamente. O leilão teve participação de doze colecionadores.

A primeira destas obras marcou um novo recorde de preço para um quadro da série de Picasso do mesmo título. Segundo o diretor do departamento de arte impressionista e moderna da casa de leilões, Samuel Valette, a obra tinha sido "totalmente incompreendida pelo público na época de sua criação".

"Estamos muito felizes de ter recebido ofertas dos maiores colecionadores internacionais de desenhos modernos para o hipnótico 'Retrato de mulher' de Picasso", afirmou Valette.

No final, 90% dos lotes de Alexandre e Odile Loewy colocados à venda tiveram compradores, que no total pagaram 3,17 milhões de euros (US$ 4,23 milhões), mais que o dobro das estimativas iniciais.

EFE ac/fm

    Leia tudo sobre: leilãopicasso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG