Nova York, 11 jun (EFE).- O co-fundador do Google, Sergey Brin, pagou US$ 5 milhões pela reserva de uma vaga para viajar futuramente como turista espacial, informou hoje a companhia Space Adventures, que organiza estas viagens ao cosmos.

Tenho grande confiança "na exploração e no desenvolvimento comercial do espaço e espero ir ao espaço", assegurou Brin.

A Space Adventures anunciou a criação do chamado Círculo de Exploradores de Missão Orbital, que permitirá reservar uma vaga em uma futura viagem espacial àquelas pessoas que o desejarem e tenham o dinheiro para isso.

"Para chefes-executivos com sucesso, executivos, investidores e empresários que queiram ir ao espaço e investir em uma vaga em uma futura missão espacial, este é um excelente mecanismo para conservar a opção para uma aventura que pode se realizar uma vez na vida", declarou o presidente e CEO do Space Adventures, Eric Anderson.

Esta companhia explicou que quem desejar seguir os passos de Brin e reservar um vôo espacial só é preciso depositar US$ 5 milhões, o que lhes garantirá uma vaga em uma futura missão. EFE bj/bm/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.