La Paz, 1 set (EFE).- Cocaleiros da região boliviana de Chapare, reduto sindical do presidente Evo Morales, ocuparam os escritórios da ONG ACDI/VOCA, financiada pela Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (Usaid, na sigla em inglês), informou hoje uma fonte oficial.

Os escritórios desta ONG americana foram tomados no domingo pelos produtores de coca da localidade de Villa Tunari, em Chapare (no departamento de Cochabamba), afirmou uma fonte do Governo à Agência Efe.

O jornal "La Razón" publicou hoje que os cocaleiros querem que as instalações e toda a mobília da organização americana passem para as mãos do município de Villa Tunari, por isso hoje realizaram um inventário dos equipamentos da ONG.

O dirigente sindical cocaleiro Julio Salazar justificou em declarações à imprensa o que chamou de "transferência legal" das instalações da organização, pois a ACDI/VOCA "já cumpriu com seus projetos" na região.

Uma fonte da embaixada dos EUA afirmou à Efe que estão à espera de mais informação antes de se pronunciar sobre o assunto.

No fim de junho, a Usaid confirmou a evacuação de seu pessoal na região de Chapare devido às ameaças de expulsão recebidas de parte de sindicatos de cocaleiros.

A ONG ACDI/VOCA trabalha na Bolívia desde 1972 em colaboração com a Usaid. Além do escritório de Villa Tunari, há outras duas sedes no país, em La Paz e Palos Blancos (no departamento de Beni). EFE lav/rb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.