Cobras e aranhas são encontradas em caixa enviada à Austrália pelo correio

SIDNEY, Austrália - As autoridades americanas e australianas estão investigando o contrabando de cobras e aranhas venenosas que encontraram numa caixa enviada pelo correio em Sidney, afirmou uma autoridade nesta quarta-feira.

AP |

Agentes alfandegários da maior cidade australiana descobriram cinco cobras e duas perigosas tarantulas sul-americanas no aeroporto de Sidney na semana passada quando passaram o raio-x por um pacote enviado dos Estados Unidos pelo correio, afirmou Richard Janeczko, gerente de investigação alfandegária.

As criaturas foram exterminadas porque representavam riscos de quarentena, afirmou Janeczko na capital, Camberra.

Janeczko não soube informar de que cidade dos Estados Unidos o pacote, declarado como brinquedos para crianças e camisetas, foi enviado.

Ele disse que as autoridades australianas em Washington entraram em contato com o Serviço de Vida Selvagem e a Alfândega e Proteção de Fronteira dos Estados Unidos para investigarem em conjunto quem enviou o pacote.

Na Austrália, pelo menos um importador será acusado depois que sua casa foi revistada em Sidney e evidências foram encontradas, disse Janeczko.

A importação de cobras e aranhas sem licença tem penalidade máxima de 10 anos de prisão e uma multa de 110 mil dólares australianos (US$ 92 mil).

    Leia tudo sobre: animais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG