Cobertura de fraudador em Nova York recebe oferta de US$ 8,9 milhões

Nova York, 22 jan (EFE).- A luxuosa cobertura que o ex-investidor Bernard Madoff possuía em Manhattan e que foi confiscada pelas autoridades americanas após ele ser preso por fraude já tem um comprador disposto a pagar US$ 8,9 milhões, informou hoje o jornal New York Post.

EFE |

O imóvel em que Madoff vivia com sua esposa Ruth, localizado no seleto bairro nova-iorquino de Upper East Side, chamou a atenção de vários compradores. No entanto, segundo a publicação, apenas um, cuja identidade não foi revelada, fez uma oferta de compra aos corretores que administram a venda.

O apartamento fica na rua 64 e foi embargado em julho do ano passado como parte dos bens de Madoff que devem ser postos à venda para indenizar grupos de investimento e entidades bancárias que foram vítimas de sua fraude - uma das maiores da história dos Estados Unidos.

Ex-presidente da Nasdaq, bolsa eletrônica americana que reúne ações de empresas de alta tecnologia, Madoff, de 71 anos, foi condenado a 150 anos de prisão por criar um "esquema em pirâmide" que durou duas décadas e causou prejuízo total a seus clientes de cerca de US$ 50 bilhões. EFE.

dvg/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG