Coalizão mata 17 supostos talebans no Afeganistão

Cabul - Pelo menos 17 supostos insurgentes, entre eles um líder taleban, morreram em uma operação das tropas da coalizão liderada pelos Estados Unidos no centro do Afeganistão, informou hoje em comunicado o comando militar americano no país.

EFE |

A operação aconteceu nesta terça-feira em uma remota região do distrito de Shahrak, situado na província de Ghowr, com o objetivo de acabar com a vida do líder insurgente mulá Mustafá, segundo a nota.

As tropas receberam relatórios da Inteligência sobre o esconderijo do insurgente e começaram a vigiar o local, um prédio cercado por sentinelas.

Já na terça-feira, as tropas observaram que Mustafá deixava seu refúgio num veículo, até chegar a uma zona "remota" na qual se reuniu com muitos supostos insurgentes.

"Após confirmar que nenhum civil seria ferido, as forças usaram munição aérea de precisão para bombardear o grupo, o que matou Mustafá e pelo menos outros 16 insurgentes", assegurou o comando militar.

O comando militar considerava Mustafá responsável por ataques na principal estrada que percorre a divisa de Ghowr com a província de Herat.

Mustafá comandava uma força de 100 combatentes e supostamente se relacionava com membros da cúpula talibã e, segundo a nota, com a Força Quds, do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica iraniana.

Leia mais sobre: Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG