A coalizão liderada pelos Estados Unidos no Afeganistão anunciou neste sábado a abertura de uma investigação para esclarecer a suposta morte de 76 civis afegãos, incluindo várias mulheres e crianças, em um bombardeio.

Segundo a coalizão, um ataque no distrito de Shindand matou 30 militantes talebans e não civis. Já o ministério afegão do Interior afirma que há 76 mortos, incluindo 50 crianças e 19 mulheres.

"Todas as denúncias de mortes de civis são levadas seriamente", destaca um comunicado da coalizão divulgado na base americana de Bagram, ao norte de Cabul.

"As forças da coalizão estão empenhadas em evitar a perda de vidas inocentes e abrimos uma investigação", prossegue o texto.

Se o incidente for confirmado, será um dos piores massacres de civis desde que as tropas internacionais invadiram o país, em 2001, para tirar os talebans do poder.

Leia mais sobre: Talebans

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.