A coalizão internacional no Afeganistão anunciou neste domingo que investiga a suposta morte de vários guardas de segurança afegãos durante uma operação aérea contra rebeldes no centro do país.

Dezenas de rebeldes atacaram uma patrulha no distrito de Qara Bagha, na província de Ghazni, a partir de posições fortificadas e com disparos de armas leves, morteiro e foguetes, revelou um oficial.

"As forças da coalizão responderam com disparos e apoio aéreo, até eliminar a ameaça", informou o militar.

Após o ataque, dirigentes locais disseram à imprensa que 23 guardas de uma empresa de construção foram mortos em um bombardeio aéreo.

Um porta-voz da coalizão comunicou que a denúncia está sendo investigada.

thm/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.