Coalizão governista vence com maioria absoluta na Noruega

(Atualiza com novos dados). Copenhague, 14 set (EFE).- A coalizão que governa a Noruega, liderada pelo primeiro-ministro trabalhista Jens Stoltenberg, revalidou hoje sua maioria absoluta nas eleições legislativas norueguesas, com 86 das 169 cadeiras do Parlamento, com a apuração de mais de 70% dos votos.

EFE |

O bloco de esquerda alcançou 48,3% dos votos e 86 cadeiras, um deputado a menos que nas eleições anteriores, em 2005.

A oposição de centro-direita conquistou 48,9% dos votos, um ponto a mais, e ganhou uma cadeira a mais que há quatro anos.

A previsão é de que o Partido Comunista fique com 1,5% dos votos e não seja eleito para o Parlamento.

De acordo com a pesquisa da emissora privada "TV2", levando em conta resultados das eleições anteriores e variações locais, a vitória da esquerda cairá para 85 cadeiras, frente as 84 da oposição.

Tanto a líder conservadora, Erna Solberg, quanto a líder populista, Siv Jensen, se mostraram convencidas de que o resultado ainda pode variar, o que daria uma vitória ao centro-direita.

O Partido Trabalhista ganhou as eleições com 35,6%, com quase três pontos de vantagem.

Seus dois aliados na coalizão de Governo alcançaram um resultado similar. O Partido Centrista ficou com 6,4%, enquanto o Partido da Esquerda Socialista alcançou os 6,2%, até o momento.

O populista Partido do Progresso, que teve uma ligeira alta, inferior a um ponto, consolidou seu lugar como segunda força política com 22,7%.

O Partido Conservador fica em terceiro lugar com 17,1%, enquanto o Partido Democrata-Cristão alcançou os 5,4%, contra os 6,8% de 2005; e o Partido Liberal perdeu quase dois pontos, para 4%. EFE alc/rr-pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG