Nova Délhi - A coalizão governante no Sri Lanka, a Aliança para a Liberdade do Povo Unido (UPFA) venceu as eleições provinciais nos distritos do leste, segundo os resultados finais da apuração divulgados neste domingo pelo Governo de Colombo.


AFP
Eleitor anota na mão o resultado das eleições
A UPFA conseguiu 20 cadeiras no Conselho Provincial do Leste, com 52,21% dos votos, seguida da principal força da oposição, o Partido Nacional Unido (UNP), que obteve quinze cadeiras e 42,38% dos votos.

As eleições ocorreram neste sábado nos distritos de Batticaloa, Trincomalee e Amparai pela primeira vez em 20 anos, e a participação foi de 60%, informou o Executivo cingalês, segundo o jornal "Daily Mirror".

O UNP denunciou que houve fraude no pleito e más práticas eleitorais, acrescentou o jornal.

Antes de sair os resultados definitivos, o ministro do Meio Ambiente cingalês, Patali Champika Ranawaka, dissse que a vitória da aliança governante reflete que não só os cingaleses - etnia majoritária no oeste e no sul do Sri Lanka -, mas também os tâmeis, que dominam o norte e o leste, confiam no Governo.

O site "Tamilnet", afim à guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE), informou que a aliança governante ganhou as eleições com "fraude generalizada".

Leia mais sobre: Sri Lanka

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.