Cabul, 28 set (EFE).- A coalizão americana desdobrada no Afeganistão assegurou hoje ter matado oito insurgentes em várias operações efetuadas nas últimas horas em províncias do leste do país.

Uma das operações aconteceu no distrito de Asmar da província de Kunar, onde as forças lideradas pelos EUA atacaram uma suposta rede da Al Qaeda e mataram dois insurgentes, segundo um comunicado divulgado hoje.

As forças internacionais se encontraram com a resistência armada em um lugar suspeito e responderam ao ataque com apoio aéreo, disse a fonte, que acrescentou que não há registro de baixas entre civis e forças da coalizão.

Na província de Khost, quatro insurgentes foram mortos e sete detidos em um ataque contra as forças de um subcomandante do líder fundamentalista Yalaludín Haqani, um antigo membro dos mujahedins supostamente ligado à Al Qaeda.

Os combates, nos quais dois civis também ficaram feridos, aconteceram ontem no distrito de Sabri, segundo informou em outro comunicado o comando americano.

A nota afirma também que ontem houve enfrentamentos armados no distrito de Waghez, na província de Ghazni, nos quais morreram dois insurgentes quando a coalizão atacava forças "de um comandante talibã conhecido por facilitar o movimento de combatentes estrangeiros no Afeganistão". EFE nh/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.