Clube de Paris pede anulação total da dívida do Haiti

Paris, 19 jan (EFE).- O Clube de Paris, que reúne os principais países credores do mundo, pediu hoje aos Estados não participantes do grupo que anulem a dívida externa do Haiti, como já fez após o terremoto da semana passada.

EFE |

"Dadas as necessidades financeiras que o Haiti deverá enfrentar para sua reconstrução, os credores do Clube de Paris chamam outros credores internacionais a anular a totalidade da dívida do Haiti", indicou a associação em comunicado.

O Clube de Paris lembrou no último dia 15 que tinha decidido em julho anular a totalidade da dívida haitiana com os países-membros e que chega a US$ 214 milhões.

"Os acordos bilaterais que põem fim juridicamente a esse compromisso já foram concluídos ou estão prestes a serem encerrados", assinalou o Clube de Paris, que frisou que "os credores que ainda não assinaram acordos bilaterais se comprometeram a acelerar o processo".

"Também lembraram que nenhum pagamento é esperado do Haiti no intervalo", acrescentou.

Segundo o Clube de Paris, a dívida total do Haiti em setembro de 2008 era de US$ 1,885 bilhão.

A ministra da Economia da França, Christine Lagarde, afirmou no último dia 15 que havia contatado os principais países credores do Haiti e citou em particular Venezuela e Taiwan. EFE lmpg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG