Clinton prepara 1ª visita ao Haiti como enviado da ONU

Santo Domingo, 1º jul (EFE).- O enviado especial da ONU para o Haiti, Bill Clinton, realizará na próxima semana sua primeira visita ao país caribenho desde que assumiu o cargo, uma viagem na qual discutirá com as autoridades as medidas que serão adotadas contra a atual temporada de ciclones.

EFE |

A Missão das Nações Unidas para a estabilização do Haiti (Minustah) informou nesta quarta-feira que durante esta viagem, que acontecerá de 6 a 8 de julho, Clinton abordará também a criação de mais postos de trabalho e o reforço dos serviços sociais básicos no país.

Além disso, assinalou que o ex-presidente americano trabalhará para assegurar que as Nações Unidas, a sociedade civil e os doadores de fundos reúnam seus esforços em apoio ao plano de reconstrução do Governo haitiano.

Os países doadores prometeram em abril uma ajuda no valor de US$ 324 milhões para contribuir com projetos do Governo do Haiti, um país castigado no ano passado por tempestades e furacões que deixaram perdas cifradas em US$ 900 milhões, 15% de seu Produto Interno Bruto (PIB), segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI).

A Minustah lembrou que esta será a segunda visita de Clinton ao Haiti este ano, mas a primeira como enviado especial da ONU.

O ex-presidente americano esteve no país em março, acompanhado do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, para mostrar seu apoio ao povo haitiano e aos planos do presidente René Préval. EFE jsm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG