Clinton e Bush chegam amanhã ao Haiti para avaliar situação do país

Porto Príncipe, 21 mar (EFE).- Os ex-presidentes dos Estados Unidos Bill Clinton e George W.

EFE |

Bush farão amanhã uma visita ao Haiti para avaliar a situação atual do país após o terremoto de 12 de janeiro e a apenas dez dias da conferência mundial de países doadores que será realizada em Nova York em prol da nação caribenha.

A agenda dos dois ex-presidentes não foi divulgada até agora pelos funcionários haitianos, mas um deles revelou à Agência Efe que os visitantes concederão uma entrevista coletiva amanhã às 10h local (12h de Brasília) nos jardins do Palácio Nacional.

A fonte não quis confirmar se o presidente haitiano, René Préval, participará do encontro.

Clinton e Bush são os responsáveis por um fundo de ajuda humanitária criado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por causa do terremoto de 7 graus na escala Richter que devastou Porto Príncipe e outras cidades haitianas em 12 de janeiro.

A viagem de ambos foi anunciada na quinta-feira passada pela Fundação Clinton, que assegurou em comunicado que os dois ex-presidentes se reunirão com representantes do povo haitiano, com o Governo do Haiti e outras entidades humanitárias, com o objetivo de reforçar os esforços de reconstrução do país a longo prazo.

Clinton é o enviado especial da ONU para as tarefas de reconstrução do país caribenho e, como tal, visitou o Haiti poucos dias depois da catástrofe.

O Fundo Clinton-Bush arrecadou cerca de US$ 36 milhões, dos quais US$ 4 milhões foram até agora distribuídos a diversas organizações que ajudam os desabrigados do país, informaram responsáveis pela entidade. EFE rc/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG