Clima tropical favorece nascimento de meninas, indica estudo

Pessoas que moram em regiões tropicais têm mais de chances de ter bebês do sexo feminino do que habitantes de outra partes do mundo, indica um estudo publicado na revista científica Biology Letters, da academia científica britânica The Royal Society. Segundo a pesquisadora americana Kristen Navara, da Universidade da Geórgia, enquanto a média global é de 106 bebês do sexo masculino para cada 100 do sexo feminino, ou 51,5%, em países próximos ao Equador o número de nascimento de meninos é menor (51,1%).

BBC Brasil |

Em latitudes temperadas ou subárticas, a taxa de nascimentos do sexo masculino foi de 51,3%.

Em sua pesquisa, Navara analisou os índices de natalidade de 202 países em um período de dez anos e levou em conta as diferenças socioeconômicas entre nações e continentes.

Teorias
Segundo Navarra, diversos fatores podem ter influenciado o resultado.

Uma possibilidade, diz a pesquisadora, é a de que o clima possa ter influência na quantidade de gestações que são perdidas ou na qualidade dos espermatozoides.

Outra possibilidade é que possa existir alguma vantagem evolucionária na maior taxa de nascimentos do sexo feminino para as populações que moram próximas do Equador.

"Os resultados poderiam indicar uma estratégia de adaptação empregada pelos humanos", diz ela.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG