Clientes de bares farão teste de drogas na Escócia

A polícia de Aberdeen, na Escócia, vai testar os freqüentadores de bares para o uso de drogas na porta dos estabelecimentos. O teste vai ser feito com um aparelho - chamado de Itemiser - que detecta traços de drogas ilícitas nas mãos dos usuários em segundos, entre elas cocaína, maconha, heroína e ecstasy.

BBC Brasil |

A participação é voluntária, mas quem se recusar a fazer o teste não poderá entrar nos bares. No caso de resultado positivo, os clientes podem passar por uma revista e até acabar a noite na prisão.

O objetivo da medida, segundo a polícia, é afastar traficantes de drogas dos bares.

"O projeto oferece a oportunidade de implementar um tipo de intervenção alternativa que vai ajudar a mudar atitudes e a reduzir a demanda por drogas ilícitas", disse o coordenador nacional antidrogas da Escócia, Willie MacColl.

"Esperamos que, com o tempo, o modelo possa ser desenvolvido e usado em parcerias com a comunidade em outras cidades da Escócia para diminuir os efeitos nocivos causados pelas drogas."
O Itemiser já está sendo usado em bares na Inglaterra, onde a ação foi questionada pela possibilidade de os clientes receberem a luz vermelha simplesmente por terem tocado uma superfície com traços de drogas. Mas a polícia afirma que o aparelho consegue detectar a diferença entre este tipo de contaminação e o uso de drogas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG