Clérigo anti-Taliban é morto em explosão no Paquistão

LAHORE, Paquistão (Reuters) - Um destacado clérigo muçulmano paquistanês contrário ao Taliban foi morto nesta sexta-feira em um atentado suicida na cidade de Lahore, disse a polícia. Em outra explosão por volta do mesmo horário, um suicida detonou um carro-bomba contra uma mesquita na cidade de Nowshera, no noroeste do país, matando pelo menos três pessoas, de acordo com a polícia.

Reuters |

O clérigo moderado Sarfraz Naeemi foi atacado em seu escritório no complexo da mesquita depois de conduzir as orações de sexta-feira.

"Infelizmente, Sarfraz Naeemi foi martirizado", disse à Reuters o chefe da polícia de Lahore, Pervez Rathore.

O irmão do religioso, Tajwar Naeemi, afirmou que sete pessoas ficaram feridas no ataque.

Os atentados ocorrem num momento em que o Paquistão intensifica os ataques contra os militantes islâmicos na região noroeste do país, depois que a Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou medidas que triplicaram a ajuda ao Paquistão, elevada para 1,5 bilhão de dólares por ano, nos próximos cinco anos.

As forças de segurança do Paquistão obtiveram progressos em mais de um mês de combate contra militantes do Taliban no vale do Swat, a noroeste de Islamabad, e nos últimos dias começaram operações em outras partes da região.

Os militantes têm respondido com uma série de atentados.

(Por Mubasher Bukhari)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG