O grupo financeiro americano Citigroup, o maior dos Estados Unidos, divulgou nesta sexta-feira um prejuízo de US$ 5,11 bilhões (cerca de R$ 8,5 bilhões) nos primeiros três meses deste ano. Foi o segundo trimestre consecutivo de perdas - em janeiro, o grupo havia anunciado que seu resultado líquido no último trimestre de 2007 ficou US$ 9,8 bilhões no vermelho.

Os resultados incluem a contabilização de um prejuízo de US$ 6 bilhões em ativos ligados aos empréstimos do tipo subprime, origem da atual turbulência nos mercados.

A atual crise do crédito já levou bancos ao redor do planeta a dar baixa em mais de US$ 200 bilhões em ativos de risco.

O temor é que a crise se alastre para outros setores da economia, como de propriedades comerciais, crédito ao consumidor e dívidas de empresas.

Esta possibilidade foi levantada por um relatório-alerta do Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgado há dez dias.

Leia mais sobre: lucros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.