CITES não inclui tubarão martelo na lista de espécies protegidas

A conferência da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçada (CITES) rejeitou nesta terça-feira uma proposta para incluir sob proteção o tubarão martelo, depois de ter recusado a proteção a outras duas espécies marinhas de grande valor comercial, o atum vermelho do Atlântico Leste e o coral vermelho.

AFP |

A proposta dos Estados Unidos de incluir o tubarão martelo (Sphyrna lemini) no anexo II da CITES, que teria permitido regulamentar as exportações, não obteve a maioria necessária de dois terços (75 votos a favor, 45 contrários).

O tubarão martelo está na lista vermelha da UICN (União Mundial para a Conservação da Natureza) como espécie "mundialmente em perigo".

Na bancada da delegação japonesa, contrária à inclusão do tubarão no anexo II, um representante não conseguiu reprimir os aplausos.

Desde a abertura da conferência em Doha, no dia 13 de março, o Japão se opõe à intervenção da CITES na gestão das pescas comerciais.

Outras três espécies foram propostas para figurar no anexo II da CITES, que se pronunciará nesta terça-feira: o tuburão oceânico (Carcharhinus longimanus), o tubarão marracho ou anequim (Lamna nasus) e a mielga (Squalus acanthias).

Leia mais sobre: Tubarão

    Leia tudo sobre: citestubaraotubarão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG