Os circuitos de votação das eleições presidenciais do Paraguai começaram a ser fechados neste domingo, às 16H00 locais (20H00 GMT), encerrando um pleito histórico que pode pôr fim aos 60 anos de poder initerruptos do Partido Colorado.

A lei paraguaia proíbe a divulgação de estimativas de resultados até uma hora depois de fechadas as mesas de votação.

O dia correu com tranqüilidade até o encerramento da votação, sem incidentes significativos e com grande participação popular.

O ex-bispo esquerdista Fernando Lugo, da Aliança Patriótica pela Mudança (APC), tem grandes chances de sair vencedor das eleições deste domingo, derrotando a candidata governista Blanca Ovelar e o general reformado Lino Oviedo.

pz/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.