Cinzas de vulcão voltam a fechar aeroportos

Atividade vulcânica a islândia se intensifica e cinzas atrapalham o tráfego aéreo na Europa

iG São Paulo |

A expansão da nuvem de cinzas vulcânicas expelida a partir da Islândia provoca neste sábado o fechamento de aeroportos no Reino Unido, Irlanda, França e Espanha.

Alguns aeroportos do Reino Unido e Irlanda podem sofrer novas alterações entre este sábado e o final da próxima semana em consequência da nuvem de cinzas do vulcão islandês, segundo o Escritório Meteorológico Britânico.

AP
Vulcão na Islândia volta intensifica atividade na última semana

Os ventos do norte que sopram no Reino Unido podem aproximar a coluna de cinza da Irlanda e do oeste da Escócia no domingo ou durante a semana, explicou um porta-voz do escritório à agência de notícias britânica Press Association (PA).

No aeroporto de Stansted, em Londres, 22 voos da empresa Ryanair para as Ilhas Canárias, cidades espanholas e portuguesas foram cancelados, assim como três voos da companhia Easyjet.

A Espanha deve fechar 15 aeroportos neste sábado por causa da nuvem de cinzas, que está seguindo em direção ao sul sobre o oeste da Europa.

Segundo a agência que administra os aeroportos espanhóis, Aena, os aeroportos afetados são os de Bilbao, San Sebastian, Vitoria, Zaragoza, Pamplona, La Rioja, Santiago, La Coruna, Vigo, Asturias, Santander, Leon, Valladolid, Burgos e Salamanca.

Segundo a Eurocontrol, aeroportos no norte de Portugal e partes do sul da França também poderão ser fechados neste sábado.

No mês passado, a nuvem provocou o fechamento da maior parte do espaço aéreo europeu, situação sem precedentes, perante o temor de que as cinzas alterassem o funcionamento dos motores dos aviões.

Atrasos nos voos transatlânticos

O fechamento dos aeroportos neste sábado provoca "atrasos substanciais" nos voos entre América e a Europa, indicou a Agência Europeia para a Segurança na Navegação Aérea (Eurocontrol).

Os atrasos se devem principalmente às rotas alternativas que os aviões devem fazer para evitar as áreas afetadas pela nuvem no Atlântico.

A área atingida pelas cinzas se estende da Irlanda, no norte, até Portugal, no sul. A redução do espaço aéreo disponível está afetando os voos com saída ou chegada na península Ibérica, por isso que podem ocorrer atrasos em toda essa região, segundo um comunicado de Eurocontrol.

As erupções do vulcão islandês continuam e estão provocando uma expansão da zona afetada, especialmente em alturas abaixo dos 20 mil pés, assinalou a agência europeia na nota.

* Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: AeroportosEuropavulcão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG