Cinema, vídeo e marionetes espanholas invadem espaços paulistas

São Paulo, 15 nov (EFE).- Mostras de cinema, vídeo e marionetes provenientes da Espanha invadem a partir deste sábado os recintos culturais de São Paulo, como parte de uma grande programação para a segunda quinzena de novembro na maior cidade brasileira.

EFE |

O Centro Cultural da Espanha em São Paulo e o Instituto Cervantes de São Paulo, entidades encarregadas da difusão cultural, divulgaram as diversas atividades previstas até o final deste mês na cidade.

Com participação do Centro Cultural da Espanha no Brasil, foi inaugurada nesta sexta-feira a III Mobilefest - Festival Internacional de Arte e Criatividade Móvel-, com artistas do Brasil, Espanha, Canadá, Estônia e Suíça.

Zexe.net é uma árvore de telefones celulares criada pelos espanhóis Antoni Abade e Eugenio Tisello para sortear os obstáculos e falta de acessibilidade a diversos lugares de pessoas em cadeiras de rodas de Barcelona (Espanha) e Genebra (Suíça).

Ekko, que também representa a Espanha, é uma criação baseada também em telefones celulares do brasileiro Bruno Bresani e da suíça Georgina Malarriaga, que buscam a interação dos conteúdos dos aparelhos com os recursos naturais.

A feira de projetos inovadores de "tecnologia móvel", em sua terceira edição brasileira, vai até este domingo e abordará a relação da arte com a cultura e a democracia.

Entre os dias 18 e 23 de novembro, o Centro Cultural da Espanha em São Paulo promove a Cooperifa, Cooperativa Cultural da Periferia, com espetáculos de música, dança e cinema africano.

Os filmes de Moçambique, Somália, Quênia, Ruanda, África do Sul e Angola que serão apresentados fazem parte da mostra "Sala Cinemateca", que será realizado entre 27 de novembro e 5 de dezembro, também em São Paulo.

Também de 18 a 23 de novembro, a espanhola Berta Sichel, do Museu Nacional Centro de Arte rainha Sofía de Madri, apresenta a mostra "O visível e o invisível", enquanto a companhia Los Titiriteros de Binéfar apresentará o espetáculo de marionetes "O homem cegonha" e dará uma oficina para artistas locais.

O títere Iñaki Mata apresentará na próxima semana o espetáculo "Barreiras", com um boneco gigante.

A programação se completa com o ciclo de conferências "A contraluz: Poesia e prosa mexicana contemporâneas", com os poetas Jair Cortês e Manuel R. Montes, e a mesa-redonda "Cinema e contracultura no Brasil", promovidos pelo Instituto Cervantes. EFE wgm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG