Um cinegrafista da TV alemã ARD detido sábado na Faixa de Gaza pela Polícia do Hamas foi liberado na noite de quarta para quinta-feira, constatou um jornalista da AFP.

"Estou muito contente de estar livre novamente", afirmou Sawah Abu Seif, de 42 anos, que estava entre as dezenas de pessoas detidas no sábado.

Na véspera, cinco ativistas do Hamas e uma criança morreram em uma explosão atribuída pelo movimento islâmico, que controla a Faixa de Gaza, ao movimento rival do Fatah, do presidente palestino Mahmud Abbas.

A TV alemã anunciou na quarta-feira sua decisão de fechar o escritório na Faixa de Gaza para protestar contra a detenção de seu cinegrafista.

az/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.