Cineasta israelense Assi Dayan preso por agredir namorada grávida

Um tribunal de Tel Aviv ordenou, nesta terça-feira, que continue preso um dos mais conhecidos atores e cineastas israelenses, suspeito de ter agredido a companheira, informou uma fonte da Justiça.

AFP |

Assi Dayan, de 63 anos, filho do general Moshe Dayan, figura lendária de Israel, foi preso depois que a namorada grávida apresentou uma queixa, denunciando-o por agressão e ameaça com faca, de acordo com a TV pública.

O tribunal determinou que Assi Dayan continue preso por pelo menos nove dias, período durante o qual o ator, cujo estado psicológico se deteriorou bastante nos últimos meses, será submetido a exames psiquiátricos.

Entre outros, Assi Dayan atuou no filme israelense "Meduzot", premiado em Cannes, em 2008. Nascido na Palestina, em 1915, seu pai perdeu o olho esquerdo na Segunda Guerra Mundial, combatendo as forças britânicas na Síria, contra as forças de Vichy. Foi ministro da Defesa, em 1967, durante a Guerra dos Seis Dias.

ms/tt/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG