Argel, 15 jan (EFE).- Dois soldados argelinos e cinco supostos membros da organização terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) morreram em um confronto armado na província de Boumerdès, na região da Cabília, informaram hoje fontes de segurança.

O enfrentamento ocorreu na terça-feira passada, apenas 24 horas depois da detenção em Argel de outro suposto terrorista, que, segundo as fontes, revelou durante seu interrogatório o paradeiro dos cinco membros da Al Qaeda que morreram.

Os militares localizaram o esconderijo do comando em uma zona montanhosa.

Após um intenso tiroteio, dois soldados morreram e um ficou ferido, além de cinco supostos terroristas perderem a vida, segundo as mesmas fontes. EFE sk-jg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.