Cinco soldados e um insurgente morrem em combate na Caxemira

Nova Délhi, 4 jul (EFE).- Cinco soldados e um suposto insurgente morreram hoje durante uma operação militar do Exército indiano na região da Caxemira.

EFE |

Com as mortes anunciadas hoje, o número de falecidos durante a operação, que teve início no último domingo, já chega a 18.

Os combates de hoje se localizaram no setor de Keran, situado junto à Linha de Controle que separa a Índia do Paquistão, quando os soldados seguiam o rastro dos insurgentes, segundo uma fonte do Exército.

Outros dois militares ficaram feridos e foram evacuados, acrescentou a fonte, que afirmou que os enfrentamentos no local continuam.

O Exército iniciou a operação na zona de Kupwara em 29 de junho, após descobrir um grupo de supostos insurgentes que operavam nas florestas locais.

Esta é a operação com maior número de vítimas rebeldes em dois anos. Uma das explicações para isso, segundo o Exército, seria de que os insurgentes estão tentando penetrar na Caxemira para intervir no processo de eleições regionais previstas para este ano.

Na Caxemira, continuam operando mais de 12 grupos armados que reivindicam a independência da região ou sua anexação ao Paquistão, país que disputa com Índia a soberania da região.

No ano passado, mais de 600 pessoas morreram na Caxemira indiana -a única região do país com maioria muçulmana- em consequência da violência. EFE daa/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG