Cinco soldados da missão da ONU e União Africana morrem em ataque em Darfur

Cartum, 9 jul (EFE).- Pelo menos cinco soldados da missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur (Unamid), no oeste do Sudão, morreram e outros oito ficaram feridos após ser baleados por homens armados, informou hoje a agência de notícias SPA.

EFE |

Segundo a agência oficial sudanesa, que cita fontes da Unamid em Darfur, pelo menos outros 17 membros da missão mista estão em paradeiro desconhecido, após o ataque registrado nesta terça-feira à noite.

A agressão ocorreu na província de Dar el-Salam, no norte de Darfur, quando um grupo de homens armados que viajavam em 40 veículos disparou contra uma patrulha da Unamid.

Os militares mortos são três de Ruanda, um de Uganda e outro de Gana, afirmou a fonte, que acrescentou que vários veículos da patrulha alvo do ataque sofreram danos.

Atualmente, a força internacional em Darfur conta com cerca de 9.000 efetivos na zona, dos 26.000 que está previsto que sejam mobilizados, segundo o mandato do Conselho de Segurança da ONU. EFE az/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG