Cinco soldados americanos feridos por insurgentes no Afeganistão

Cinco soldados americanos foram feridos nesta quinta-feira, um deles gravemente, por tiros rebeldes, durante uma grande operação do exército francês no Afeganistão, informaram à AFP oficiais franceses e americanos do centro de operações de Campo Rocco, no Vale de Uzbin, a 60 Km a leste de Cabul.

AFP |

Os militares, atingidos por um morteiro, foram levados de helicóptero para a base de Bagram.

"Um dos feridos foi alcançado no cérebro e no olho e um outro na artéria femural", contou um oficial.

Mais de 1.100 soldados, entre eles 800 legionários franceses e comandos afegãos e americanos, participaram da operação, que representa uma "demonstração de força" segundo a Legião Estrangeira, e uma das mobilizações militares mais importantes do exército francês no Afeganistão desde a queda dos talibãs no final de 2001.

A operação "Septentrion" visava, segundo o coronel Benoît Durieux, comandante do 2º Regimento de Infantaria da Legião Estrangeira, "a reafirmar a soberania das forças de segurança afegãs no norte do Vale de Uzbin", feudo dos talibãs, entre as províncias de Kapissa e de Laghman, no leste afegão.

Foi no sul desde vale que, em agosto de 2008, 10 soldados franceses foram mortos durante emboscada talibã.

kat/ple/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG